Novidades do Blog

Você está em Home Blog
1 out

Gripe e resfriado: qual a diferença?

Principalmente em períodos de frio e mudanças climáticas, os sintomas da gripe começam a aparecer, ou seriam os sintomas de um resfriado? Você sabe a diferença entre gripe e resfriado?

Para sanar as principais dúvidas, nós do Laboratório Melpoejo desenvolvemos esse artigo pensado especialmente para você. Confira!

Diferença entre Gripe e Resfriado

A gripe se trata de uma infecção do sistema respiratório ocasionado pelo vírus da influenza, que tem um alto potencial de transmissão.

Algumas pessoas, como idosos, crianças, gestantes e pessoas com doenças crônicas são mais vulneráveis aos vírus.

Com o intuito de prevenir a doença nos grupos de risco, o Ministério da Saúde promove a imunização contra a gripe para toda a população, com prioridade para as seguintes pessoas:

  • Pessoas com mais de 60 anos;
  • Doentes Crônicos;
  • Gestante;
  • Mães no pós-parto;
  • Crianças de 6 meses a menores de 5 anos;
  • Portadores de condições especiais;
  • Professores;
  • Profissionais da Saúde.

A vacina contra a gripe é a melhor e mais segura forma de se proteger contra a doença e suas complicações.

Aliás, a principal complicação é a pneumonia, uma infecção que se instala nos pulmões, sendo responsável por um grande número de internações e levando até em casos de óbito.

De acordo com o Ministério da Saúde, existem três tipos de vírus influenza: A, B e C. Esse último causa apenas infecções respiratórias tranquilas.

Em contrapartida, os outros tipos de vírus são responsáveis por epidemias sazonais.

Dentre os subtipos de vírus influenza A, atualmente o subtipo A(H1N1) foi responsável pelo surto da Gripe Suína, em 2009.

Em segundo lugar, o resfriado também é uma doença respiratória e, frequentemente, é confundido com a gripe.

Porém, a principal diferença entre ambos os quadros, o resfriado é ocasionado por vírus distintos.

Os mais comuns, segundo o Ministério, são os rinovírus, os vírus parainfluenza e o vírus sincicial respiratório (VSR).

Principais sintomas da gripe

Inicialmente, alguns sintomas podem indicar o início da gripe e surgem de forma súbita, como mal-estar, dor de cabeça, calafrios, dor de garganta, prostração e coriza em excesso.

A doença pode evoluir para sintomas como:

  • Febre;
  • Dor no corpo;
  • Tosse seca;
  • Diarreia;
  • Vômito;
  • Rouquidão;
  • Olhos avermelhados e lacrimejantes.

A febre é o sintoma mais importante e dura em torno de três dias.

Apesar de os outros sintomas aliviarem com a progressão da doença, os sintomas respiratórios aumentam e mantêm-se de três a cinco dias após o fim da febre.

Como se transmite a gripe?

A gripe pode ser transmitida de forma direta por meio das secreções das vias respiratórias de uma pessoa contaminada ao espirrar, ao tossir ou ao falar.

Além disso, ela também pode ser transmitida por meio indireto pelas mãos que, após contato com superfícies contaminadas, podem carrear o vírus diretamente para a boca, o nariz e os olhos.

O vírus influenza pode permanecer em superfícies por duas a oito horas.

Desse modo, uma dica para evitar a contaminação é, sempre que possível, lavar as mãos e colocar o antebraço na frente antes de tossir ou espirrar, evitando assim que o vírus se propague.

Métodos para prevenir a gripe

Inicialmente, pessoas com gripe devem se manter hidratadas e repousar.

O recomendado é beber bastante água e sucos ricos em vitamina C e antioxidantes, como chá de limão com mel e suco de laranja, para auxiliar no fortalecimento do sistema imunológico e recuperação do organismo.

Além disso, os medicamentos antivirais são essenciais para os grupos de alto risco, pois ajudam a reduzir as complicações decorrentes da baixa imunidade.

Por isso, os medicamentos devem ser administrados precocemente, dentro de 48 horas após o surgimento dos primeiros sintomas.

Em torno de uma semana, a maioria dos pacientes se recupera totalmente.

Nesse sentido, outras atitudes em nosso cotidiano também podem auxiliar para que a gripe não se agrave, como:

  • Agasalhar-se bem;
  • Manter os pés aquecidos;
  • Evitar ambientes fechados;
  • Evitar o consumo de alimentos gelados;
  • Manter o nariz sempre limpo e descongestionado.

Principais sintomas do resfriado

Apesar dos sintomas do resfriado serem parecidos com os da gripe, eles são mais brandos e, geralmente, tem uma duração menor – entre dois e quatro dias.

Como dito, os sintomas são similares aos da gripe, como tosse, congestão nasal, coriza, fadiga e dor de garganta leve.

Nesse caso, a febre é menos comum e, quando presente, ocorre em temperaturas baixas.

Como se transmite o resfriado?

Já que são transmitidos da mesma forma, as medidas preventivas citadas para evitar a gripe também devem ser adotadas para prevenir os resfriados.

Métodos para tratar o resfriado

No caso do resfriado, como se trata de um quadro mais tranquilo, o recomendado é tomar remédio, apenas quando houver maiores desconfortos causados pela enfermidade.

Assim como nos quadros de gripe, tomar vitamina C pode ajudar a fortalecer os sistema imune e combater os sintomas mais rápido.

Por exemplo, podem ser úteis sucos de laranja, abacaxi, acerola e comer morangos,

O que fazer para evitar a gripe e resfriado?

Como vimos ao longo do texto, o vírus da gripe, assim como do resfriado, podem ser transmitidos diretamente pelo ar.

Ao passo que, para contrairmos as doenças, precisamos entrar em contato com o vírus que foi eliminado por um infectado na hora da tosse, espirro ou durante uma conversa ou contato com objetos contaminados.

Algumas medidas simples no nosso dia a dia podem evitar a contaminação por algum desses vírus

  • Lavar sempre as mãos;
  • Limpar o nariz com lenço descartável;
  • Cobrir o nariz e a boca ao tossir e espirrar;
  • Higienizar os objetos antes de levá-los aos olhos, boca;
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal;
  • Evitar aglomerações e preferir ambientes bem ventilados.

 

Agora você já sabe a diferença entre gripe e resfriado? Compartilhe essas informações com os seus amigos nas redes sociais e continue acompanhando os artigos do Melpoejo!