Novidades do Blog

Você está em Melpoejo Blog
29 jun

Nascimento dos dentes: tudo sobre o processo de dentição do bebê

O nascimento dos dentes do bebê acontece entre os 4 e 10 meses de idade e traz muitas dúvidas para as mamães e papais.

Inicialmente, o nascimento dos dentes dos bebês pode assustar as mamães e papais, principalmente os de primeira viagem, mas esse passo do desenvolvimento do bebê pode ser muito mais interesse do que se imagina.

O motivo? Mesmo vendo o recém-nascido sem dentes, eles já estão ali, pois os dentinhos começam a ser formados quando o bebê ainda está na barriga da mamãe.

Além de ser um marco do crescimento da criança e um momento muito emocionante para os pais.

Mas durante esse processo, a criança pode apresentar alguns sintomas e a preocupação dos responsáveis é natural.

Mas podem ficar tranquilos. A boa notícia é que, com certos cuidados, é possível auxiliar e manter o bem-estar do seu bebê nessa fase que costuma ser incômoda.

Acima de tudo, o desenvolvimento dos filhos e filhas devem ser um momento de admiração e curtição para as mães e pais.

Pensando nisso, preparamos este artigo com tudo o que você precisa saber sobre o nascimento dos dentes do seu bebê. Continue acompanhando com a gente!

Nascimento dos dentes do bebê – Passos do Desenvolvimento

Botões dentários

Durante a gravidez surgem as bases dos dentes de leite, os chamados botões dentários. Eles começam a nascer por um rompimento que acontece na superfície da gengiva entre os 4 e os 10 meses de vida do bebê, esses são os primeiros dentinhos surgindo.

Nascimento dos dentes do bebê

Embora seja natural o primeiro dentinho nascer entre 4 e 10 meses, é comum que o dentinho da criança “aponte” por volta dos 6 meses de vida.

Coincidentemente, é no mesmo período em que as mamães e papais incluem alguns alimentos sólidos na rotina dos pequenos.

Dentes de Leite

Os conhecidos dentes de leite, em geral, já nasceram pouco antes de o bebê completar 2 anos de idade.

Aos 3 anos, o seu bebê (nem tão mais bebê assim) terá 20 dentes de leite formados, ou seja, a dentição estará completa.

Troca dos dentinhos

Um momento memorável para todas mães e pais é quando o primeiro dente da sua filha, ou filho, cai.

Os dentes de leite começarão a cair por volta dos 6 anos, como um sinal de que os dentes permanentes já estão formados e precisam ocupar o espaço dos dentes de leite.

Essa novidade para os pequenos é o tema de histórias divertidas e de diversos vídeos na internet.

Dentes permanentes

Após todos os dentes de leite cair, os dentes permanentes surgem e tomam o espaço dos dentinhos relacionados a infância.

Apesar de se iniciar por volta dos 6 anos, a fase da dentição permanente só se completará por volta dos 18 anos, com o surgimento dos famosos dentes do siso ou “dentes do juízo”.

 

Sinais do nascimento dos dentes do bebê

O nascimento dos dentes do bebê não causa sintomas graves, mas essa nova fase vai se manifestar de alguma forma.

Por isso, é importante que os pais fiquem atentos aos sinais que o bebê apresenta de que os dentinhos estão começando a nascer, para tomar os cuidados necessários.

As principais ocorrências são:

  • Inchaço e vermelhidão na gengiva;
  • Irritabilidade;
  • Falta de apetite;
  • Baba excessiva;
  • Sono agitado.

Caso tenha dúvidas sobre como auxiliar o bebê nessa nova fase, procure ajuda do pediatra para saber mais informações e verificar se existe outro quadro responsável pelo incômodo do bebê.

 

Como aliviar o desconforto do nascimento dos dentes?

Apesar de o incômodo ser intenso durante o nascimento dos dentes do bebê, alguns métodos simples, e que podem ser realizados em casa, prometem deixar a criança mais confortável:

Ofereça mordedores

Os mordedores são produzidos com materiais adequados para que o bebê os morda e mastigue sem riscos.

Além disso, eles também contam com texturas que “massageiam” a gengiva do pequeno. Já outros modelos são desenvolvidos para irem à geladeira ou ao congelador por alguns minutos, pois o frio alivia a dor e a coceira.

Mas atenção para que eles não fiquem muito gelados, pois isso pode aumentar o desconforto dos pequenos.

Massageie a gengiva

Como o dente precisa romper a gengiva para nascer, o desconforto causado no nascimento dos dentes, geralmente, está relacionado a ela.

Assim, uma forma de aliviar o incômodo das crianças é fazer massagens suaves nas áreas mais inchadas.

Você pode usar seu dedo ou gazes para auxiliar a massagem, mas é necessário higienizar seus dedos e utilizar gazes ou panos limpinhos.

Apesar de ser um alívio temporário, esse exercício é uma chance de oferecer calma, carinho e conforto para seu bebê.

Ofereça alimentos frios

Após nós realizarmos um procedimento no dentista, é comum que ele indique alimentos gelados e pastosos para amenizar as dores e auxiliar a recuperação. Essa recomendação não difere para o nascimento dos dentes do bebê.

Evite alimentos como sorvetes e picolés. Sabemos que essa é a primeira opção ao falarmos de alimentos frios, mas o excesso de açucares pode prejudicar a saúde do bebê.

Por isso, caso você já tenha iniciado a introdução alimentar do bebê, aposte em purês de frutas, sopas frias e outras papinhas que podem ser servidas geladas.

Para os pequenos que ainda estão amamentando, uma dica saudável é congelar um pouco de leite materno e oferecer para os pequeninos.

 

Por fim, se nenhuma das nossas dicas e recomendações forem eficientes, procure o pediatra ou dentista da criança. Eles serão capazes de avaliar a origem da dor e, se necessário, indicar medicamentos para aliviar os incômodos.

O nascimento dos primeiros dentinhos do bebê é um passo de evolução e que demanda cuidados para o bem-estar de toda a família.

blog melpoejo